Estratégia Nacional de Investimentos e Negócios de Impacto – Enimpacto

Uma das recomendações da Força Tarefa de Finanças Sociais (FTFS) é direcionada à conexão entre o Governo Federal e o campo dos Negócios e Investimentos de impacto. A FTFS recomenda ao Governo que incorpore esse tema na condução de políticas públicas, atuando com visão estratégica para impulsionar atores, recursos e conexões que favoreçam o amadurecimento do campo.
Em 2016, foi formalizado um Acordo de Cooperação Técnica entre a Força Tarefa de Finanças Sociais e o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), representado por sua Secretaria de Inovação e Novos Negócios (SIN), para desenvolver ações conjuntas que promovam as Finanças Sociais no Brasil. Como desdobramento, foi formado um grupo de trabalho com outros atores da gestão pública federal (direta e indireta), como Ministério do Planejamento, Caixa Econômica Federal, BNDES e Sebrae – além de representantes da própria FTFS – para discutir, propor, alinhar, e avaliar ações que possam contribuir para o campo das Finanças Sociais e Negócios de Impacto.

Em dezembro de 2017 foi assinado o decreto presidencial nº 9.244/17 que cria a Estratégia Nacional de Investimentos e Negócios de Impacto – ENIMPACTO. Seu objetivo é engajar vários órgãos do governo, setor privado e sociedade civil na constituição de uma estratégia de articulação de diferentes atores na promoção de um ambiente favorável ao desenvolvimento de Negócios de Impacto e das Finanças Sociais.

 

timeline

 

A ENIMPACTO está dividida em quatro Eixos que precisam ser impulsionados conjuntamente para avançar e fortalecer o campo de forma estruturada:

 

box-1
box-2
box-3
box-4

 

Cada eixo possui macro-objetivos e ações propostas para endereçar esses objetivos com chamado para ação aos atores-chave.
O marco de criação da Enimpacto é uma grande realização para o campo e traz grandes expectativas de implementação para 2018.

Confira aqui o escopo da estratégia

Comitê de Investimentos e Negócios de Impacto

Com a assinatura do decreto presidencial foi criado o Comitê de Investimentos e Negócios de Impacto, que tem por objetivo propor, monitorar, avaliar e articular a implementação da Estratégia Nacional de Investimentos e Negócios de Impacto. O Comitê será composto por atores governamentais e da sociedade civil.

Membros do Comitê