O que são Finanças Sociais

O mundo e o Brasil passam hoje por desafios sociais e ambientais. Ao mesmo tempo, existe a certeza de que é necessário atrair mais capital para financiar soluções inovadoras para tais problemas – além das fontes de tradicionais, como os recursos governamentais, o investimento social privado e a filantropia.

 

As Finanças Sociais buscam atrair recursos oferecendo (a quem doa ou investe) a medição do impacto socioambiental gerado. Trata-se do uso de recursos privados e públicos via instrumentos financeiros, novos e existentes, em atividades que visam produzir impacto socioambiental com sustentabilidade financeira, podendo ou não gerar retorno financeiro sobre o capital investido.

 

No Brasil, atualmente R$ 13 bilhões são investidos por mecanismos de finanças sociais, com potencial de chegar a R$50 bilhões até 2020.

02_finsociais